Tráfico de drogas

Publicado: 6 de outubro de 2010 em Uncategorized

O narcotráfico é produzido em escala global, desde o cultivo, em países subdesenvolvidos, até seu consumo, principalmente nos países ocidentais, nos quais o produto final atinge um alto valor no Mercado Negro.

O consumo de drogas acarreta importantes consequências sociais: crime, violência, corrupção e marginalidade . Por isso a maioria dos países do mundo proíbe a produção, distribuição e venda dessas substâncias.

Consequentemente, formou-se um mercado ilegal de entorpecentes e psicotrópicos, hoje o narcotráfico tomou conta de muitos jovens em baladas e em festas. Até mesmo a alta classe social apresenta usuários, embora algumas pessoas ainda tenham o preconceito de que só pessoas de baixa renda, como moradores de favela, são usuários.

Lucro:

Estudos feitos pela secretaría de fazenda do Rio de Janeiro, estimou que o tráfico de drogas no Rio de Janeiro (maconha, cocaína e crack) fatura incluindo custos gerais 130 milhões de reais por ano

Transporte:

O transporte de drogas é feito por pessoas que são conhecidas como “mulas” e elas estão cada vez mais sofisticadas com o passar dos tempos. Se antigamente eram apenas pessoas que levavam droga dissimulada de um sítio para o outro, agora utilizam técnicas bastante mais sofisticadas e muitas vezes bizarras.

Já se conheceram casos de roupas que são engomadas com cocaína, que depois sai na lavagem, ou então tinta para cabelo impregnada em cocaína que depois de lavado pode ser extraída. Até um padre já foi apanhado com 11 kg de cocaína espalhados pela sua batina.

Os métodos mais modernos consistem em por a droga pura (que uma vez no destino pode render até 10 vezes mais) em cápsulas. Essas cápsulas são ingeridas ou enfiadas no ânus pela “mula” de transporte.

A última novidade são os implantes no corpo das “mulas”. Os mais utilizados são os implantes mamários e nas coxas por serem os locais que permitem colocar maior quantidade de droga.

As mulheres “contratadas” para o efeito são normalmente recrutadas pela sua beleza, e podem receber até 10 000 euros por viagem. Da América Latina trazem cocaína para a Europa; e da Europa levam ecstasy para o Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s